headerTopBanner
headerTopBannerMobile
Buscar
Minha conta
Buscar

Ordernar por

Curvaturas de cabelo: entenda as diferenças entre os tipos de fios

Banner Tipos de Cabelos

Ondulados, cacheados ou crespos? Essa pode ser uma pergunta comum de quem não possui os cabelos lisos. Assim como os cachos podem ser maiores ou menores, mais fechados ou mais abertos, os demais tipos de cabelo também tem suas variações. Para classificar com mais detalhes os diferentes tipos de curvaturas, foi criado o André Walker System. 

 

Esse sistema de medidas leva em consideração a ondulação e a espessura natural dos fios, servindo como base para definir quase todos os estilos de cabelo existentes no mundo. O André Walker System utiliza combinações de letras e números para identificar o tipo de fio. Com números que vão de 1 a 4 e com letras que vão de A a C, o sistema ajuda a descobrir qual o tipo do fio, facilitando a busca por cuidados com os cabelos mais específicos que atendam as necessidades de cada um. As letras identificam a espessura dos fios, enquanto os números identificam a curvatura. 

 

Dessa forma, a letra A indica os fios que tendem a sofrer com frizz, além de ser muito frágil, exigindo cuidados frequentes. Já os cabelos da categoria B possuem fios médios, intermediários entre A e C, sendo resistentes, mas exigindo hidratação e nutrição frequentes. Por fim, os fios do tipo C , geralmente, apresentam grande resistência naturalmente. Embora a reconstrução não seja a prioridade do fio, esse tipo de cabelo exige muita hidratação, uma vez que tende a ficar fosco e sem vida quando mal cuidado. 

 

E quando a categoria é sobre os números, os cabelos tipo 1 são lisos e sem ondulações; os cabelos do tipo 2 são conhecidos como ondulados, pois apresentam ondas, mas não chegam a formar cachos; os cabelos do tipo 3 são os famosos cabelos cacheados; e os cabelos do tipo 4 são crespos, com cachos bem apertados ou com formações que se parecem com pequenas molas formadas próximas ao couro cabeludo. 

 

Curvaturas 2A, 2B, 2C

Banner 2A, 2B, 2C

O cabelo ondulado, ou com ondas, é o tipo 2, sendo o 2A com ondas poucos definidas e com o fio quase liso. O cabelo ondulado forma um S suave e costuma ser leve e sem muito volume. Já o tipo 2B possui ondas mais largas e soltas, então o cabelo ondulado médio forma um S perfeito, sendo fácil de modelar. Por outro lado, o ondulado 2C tem ondas mais intensas e formato de S bem definido, com o cabelo quase cacheado e com forte tendência ao frizz. 

 

Para manter os cabelos com as curvas perfeitas e com movimentação, é indispensável investir em uma boa hidratação, especialmente quem tem alguma química nos fios. Outro item essencial é o finalizador, que vai ajudar na modelagem e ainda preservar as ondas naturais por muito mais tempo.

 

Curvaturas 3A, 3B, 3C

Banner 3A, 3B, 3C

As classificações do cabelo cacheado variam de acordo com  a definição dos cachos. Assim, o tipo 3A possui aquele cacho natural que parece ter sido feito com babyliss, bem largo e regular, enquanto o  tipo 3B é mais definido e com cachos regulares, bem espiralados. Já o cabelo 3C também possui cachos que são definidos e regulares, porém são mais estreitos e fechados. 

 

E, se você se pergunta como cuidar dos cabelos cacheados, saiba que o processo começa na lavagem, pois a massagem na raiz do cabelo deve ser suave para não embaraçar e ouriçar as cutículas. Na hora de desembaraçar, utilize os dedos ou pentes de dentes largos, junto a uma máscara que nutra e hidrate. Para modelar bem os cachos com um finalizador, faça isso enquanto o cabelo ainda estiver úmido. 

 

Curvaturas 4A, 4B, 4C

Banner 4A, 4B, 4C

O tipo 4 define os cabelos crespos, que são divididos em 4A, quando os cachos são super fechadinhos e estreitos, e ficam grudadinhos uns aos outros, “embolados”, porém com um padrão de forma bem definido; 4B, com fios mistos, com presença de algumas mechas com forma de cachos super fechadinhos e estreitos e outras frisadas e sem definição; e 4C, com fios crespos que não formam cachos, são frisados e sem definição. Esse tipo de fio tende a ser poroso e frágil, uma vez que a hidratação natural não percorre o fio. 

 

Para proteger e limpar os cabelos, faça muitas massagens no couro cabeludo durante a lavagem. É importante também não abrir mão de um produto condicionante para hidratar e anular a tensão eletrostática dos fios. Depois, use um pente de dentes largos de madeira para desembaraçar e aplique o leave-in para modelar os fios. Faça esse processo sempre com os cabelos úmidos. Você ainda pode optar por produto para um day-after perfeito, devolvendo a vitalidade e brilho dos fios.